21 August 2007

NÃO acostumo!

Uma vez li um texto falando que a gente se acostuma com muitas coisas na vida, mas não devia. Acho que uma das pessoas coisas a qual não vou me acostumar nunca é me despedir de quem eu gosto. Claro que não vai ser a primeira despedida nem última, mas sempre parte o coração. Fica um apertinho.. aquela vontade de chorar.

Hoje, me despedi desses dois aí da foto: Vânia e Denis. Amanhã, eles embarcam para Alemanha (país de origem do Denis). Eles moraram no Japão, mesmo não gostando, durante pouco mais de três anos e me ensinaram muito sobre esse país.

Simplesmente, me apaguei demais aos dois. São parte da minha família "japonesa", digamos assim. Nesse pouco mais de um ano que estou aqui, pude contar com eles em muitas ocasiões. Dividimos muitas coisas boas e ruins também.

O "legal" de mais essa experiência é perceber que não perco a capacidade de me apegar e me dar nos meus relacionamentos. Eu sabia que eles iriam embora antes da gente. Aliás, mesmo que nós fôssemos antes, haveria uma despedida. Mesmo assim, nunca fiquei com pé atrás. Acho que mais do que não me acostumar a despedidas, eu jamais conseguiria manter relações superficiais com as pessoas. Faço parte do time que prefere chorar a dor da partida do que não viver algo. Meio piegas essa frase, eu sei, mas é esse o sentimento!

Vânia e Denis, meu muuuuuuuuuuuuito obrigada por tudo. Se Deus quiser, a gente se encontra de novo. Afinal, para quem nunca pensou que deixaria o Brasil, eu já vou no meu segundo país. Aprendi que nada nesse mundo é impossível. Desejo toda sorte e felicidade do mundo aos dois e sei que não vamos perder contato. Um xêro!

1 comment:

Margot said...

ah, Gisele...

O Denis e a Vania deixaram saudades...

na época em que eu os conheci, não tinha amigos para sair, pois trabalhava na fábrica que não tinha nenhum brasileiro.

Foi bom, mas se eles foram para melhor, desejo muitas felicidades ao casal.