17 April 2006

O feriadão da semana santa acabou. Nem vou dizer que o que é bom dura pouco porque é um clichê dos mais antigos e também, como diria minha mãe, se a gente presta atenção no que está fazendo e aproveita cada minuto da vida, as coisas duram o tempo certo e tudo acontece na hora que tem que ser. Eu confesso que nem sempre é fácil entender as filosofias de minha mãe, mas que elas fazem sentido, fazem.

Ontem teve acidente aqui no prédio. Uma senhora (já bem velhinha) confundiu o pedal do freio com o do acelerador e entrou no prédio trazendo junto o nosso portão. Um barulho horrível. Corremos, primeiro, para saber o que tinha acontecido. Eu, bondosamente, fui ajudar a senhora, que tremia bastante e tentava me explicar como o carro dela voou para cima do portão. Detalhe: ela mal consegue andar. Anda com o apoio de uma bengala. É incrível isso aqui, as pessoas dirigem até muito idosas. Estava no MSN com minha nova amiga Luciana e comentei o acidente com ela, bem como o fato de que a velhinha precisava da ajuda da bengala para andar, mas continua dirigindo. Ela morreu de rir e disse que outro dia viu um senhor dirigindo que parecia ter 140 anos. E ainda comentou que já viu muitos que, depois de estacionar o carro, abrem a mala e pegam os andadores. Uma coisa de louco! O carro da velhinha ficou um bagaço, mas tem conserto.

Devido ao acidente, estamos sem portão. Fiquei morrendo de medo de deixar nossas bikes lá embaixo, mas Paul acha que não tem problema. Se fosse no Brasil, elas já não estariam lá hoje de manhã (é triste, mas é real!). Fico com o coração na mão de deixar meu "patrimônio" a mercê da sorte, mas viva o jeito kiwi "whatever" de ser!

Comprei minhas passagens para os vôos domésticos no Brasil. Papai do Céu, como o dólar neozelândes tá desvalorizado. Os ticketes me custaram pouco mais de R$840 e, quando vi o valor cobrado no cartão de crédito, quase morro: vai me custar $685. Cruzes! Quando eu vim para cá, precisava-se de R$1,80 para comprar um $1. Espero que o dólar daqui se valorize antes da minha viagem, do contrário o dinheiro que estou reservando para a viagem não vai dar para nada. Ainda bem que meu pai resolveu ir encontrar comigo no Recife e vamos, de ônibus, para Fortaleza e, depois, para Teresina. Isso me economiza alguns trocados. Os trechos que já comprei foram: Sampa-João Pessoa e Teresina-Rio.

Sábado teve o casamento da Vanessa com o Mark. Tudo muito bonitinho e organizado em One Tree Hill. Nunca vi uma noiva chorar tanto, tadinha! Mas, não é para menos, a mãe da Vanessa ligou do Brasil quando ela já estava no carro indo para a cerimônia. A pobre não conteve a emoção. Não deve ser nada fácil mesmo casar tão longe de tanta gente importante. O Mark também não tem família aqui. Ele é inglês. Mas, tinha bastante amigos por perto para abraçá-los e desejar tudo de bom nesse novo rumo. Eles casam de novo no Brasil em agosto.

Agora, vou-me. Amanhã volto ao trabalho. De certa forma, é bom voltar a rotina. Ajuda bastante na minha dieta.

2 comments:

40th-anniversary said...

Great blog . You can visit this useful Acrylic Nails site.

40th-anniversary said...

Great blog . You can visit this useful Pedicure site.