14 January 2008

Médicos no Japão

Quem quiser pode reclamar dos médicos japoneses, mas eu, honestamente, não tenho do que me queixar. Nas ocasiões em que precisei de tratamento aqui, fui prontamente atendida, recebi minha medicação e o tratamento funcionou. Já passei até por procedimentos sérios, como a retirada de um sinal nas costas e minha cirurgia de miopia.

Sábado eu precisei de um médico. Há mais de um mês estou com uma tosse horrível que não quer me largar. Finalmente, ouvi a sábia voz do meu marido e fui buscar ajuda. Encontrei uma clínica em Roppongi (um dos bairros chics da cidade), com médicos que falam inglês e, mais importante, que aceitam o seguro de saúde japonês. O local é super organizado e mais parece um hotel. As enfermeiras tratam você com uma rainha e se esforçam para para falar inglês. Também lhe dão vários papéis em inglês explicando a rotina do lugar.

Paguei o equivalente a R$ 70, incluindo a consulta, raio-x e exame de sangue. Sem contar que os remédios só me custaram R$ 40 - nada mal porque já chegamos a pagar R$ 200 por remédios. Esse talvez seja o principal problema aqui em Tóquio: muitos médicos estrangeiros só aceitam pagamento em dinheiro ou cartão de crédito. Uma simples consulta pode custar entre R$ 160 e R$ 200 (remédios não incluídos).

Honestamente, ainda não estou me sentindo melhor, mas estou confiante. Além disso, tenho mantido meu pescoço aquecido (conforme orientação do meu pai), tenho feito vaporização caseira (dessa vez, orientação de Paul) e hoje não fui trabalhar. Achei melhor não contaminar as crianças e os outros professores. Espero estar 100% amanhã. =)

2 comments:

Erica said...

Oie Gisele
Vixi...melhoras pra voce! Fica em casa de molho mesmo que eh melhor! Queria dizer que marquei a consulta em shinagawa, pro dia 28. Depois te conto se poderei operar. Ja estou ansiosa! Abracos!

Gisele Scantlebury said...

Erica, fico muito feliz em saber. Espero que dê tudo certo. Depois me conta como foi! =)