19 October 2006

Com lenço e com documento!

Como já falei, nós não podemos andar pelas ruas do Japão sem nossa carteira de estrangeiro porque a polícia para mesmo. E também não precisamos nos preocupar com lenço porque na saída de qualquer estação de trem ou metrô que se preze tem alguém distribuindo esses pacotinhos de lenço de papel com as propagandas mais diversas. Claro que não entende nada, mas acho muito legal essa "tradição". Já me salvou várias vezes quando fui a algum banheiro público que não tem secador de mão ou papel-toalha (papel higiênico sempre tem, não se preocupem!). Li uma lez em um livro sobre o Japão que muitos banheiros não tem secadores de mão porque as pessoas sempre carregam lenços, sejam eles de pano ou papel, e pequenas toalhas. No verão, eu realmente via muita gente com essas toalhinhas secando o suor. Só fico achando meio nojento usar a mesma toalhinha para tirar suor do rosto, secar a mão, mas, enfim, cada um com seus costumes e tradições. Não é mesmo?

4 comments:

Para o alto e avante! said...

Minina,
estou atrasadissimo com meus comentarios, entao vou juntar tudo aqui tah?!

Sobre ser parada pela policia, ate eu (que tenho cara de japones mesmo) fui parado. Tah certo que eu tava falando em bom e alto portugues na rua (no celu).
entao, assim como terremotos, que podem acontecer a qualquer hora, fique preparada para ser parada a qualquer hora e em qualquer lugar!

Ah, e nao deixe nunca (NUNCA) de carregar seu gaijin tooroku ou o passaporte. Vc pode ser presa e eles tem esse direito!

Adorei a entrevista com o Paul!

Sobre os lencos de papeis eu achei essa ideia otima! Melhor do que distribuir papel, que todo mundo joga na rua!

Eh isso
Bjos e,
vamos sim nos encontrar!
Para o alto e avante!

Karina Almeida said...

eh verdade essa historia das toalhinhas na bolsa. pode reparar as japonesas enxugando as maos no banheiro.

e no caso das mulheres, pelo menos, acho que as toalhas sao so para as maos. elas tb tem mania de carregar um papelzinho proprio pra tirar a oleosidade do rosto. muito chique!

ah, nao falei dos lencinhos de papel: na estacao de trem da minha casa, eu dou volta pra nao passar perto da moca da vodafone que fica la todo dia distribuindo esses pacotinhos.

sao super praticos, mas nao preciso de tantos :P

karuzo said...

Engracado, eu sempre tive a impressao de que estrangeiro nao recebia...rs Sera so eu? Nao, nao e complexo de inferioridade nao. Nao fico triste por isso, nem meu dia acaba, nem escrevo desaforo no blog dos outros hahaha...apenas acho engracado o carinha ir no ritmo e parar de destribuir logo qdo eu estou passando na frente. Isso qdo o individuo disfarca e se abaixa para pegar mais lencos de papel na caixa perto dele...hahahaha...
Qto as toalhinhas nao acho nojento nao. Vc fala isso pq vc nunca deve ter visto luta de sumo ne? O cara passa a mesmissima toalha nos sovacos e na cara!!! Fala serio!!!

Gisele Scantlebury said...

Ewerthon, não se preocupe, eu não saio de casa sem o gaijin tooroku. Mesmo quando vou só dar uma volta de bicicleta, sempre o carrego comigo. Tá doido!!!

Karuso, algumas vezes eles evitam os estrangeiros mesmo. Acho que depende da orientação que eles recebem porque já pararam de distribuir quando chegou "a minha vez" também. :(

Kari, eu faço como você, às vezes dou uma volta danada só para receber os lencinhos. Acho super prático.