31 August 2006

Hoje vivenciamos nosso primeiro terremoto. Não foi grande, mas de tamanho suficiente para constatar que não estamos preparados para esse tipo de emergência - e, às vezes, nem os japoneses mesmo. Estávamos na hora assinando o contrato do apt e, acreditem, o corretor ficou muito mais assustado do que nós. Foi até engraçado. Disse que foi o primeiro terremoto desde que ele se mudou para Tóquio há quatro meses.

Mas, o terremoto não foi bem o que eu esperava. Sempre imaginei que fizesse a gente tremer (afinal, é um tremor de terra, não é?). Também achava que iria fazer barulho (acho que esse parte é fantasia mesmo. A não ser, claro que as coisas comecem a cair no chão). Bom, talvez porque esse tenha sido pequeno e de pouca duração, eu senti mais como uma onda. Sabe quando você está tomando banho de mar e uma onda vem sem que você esteja esperando? Foi mais ou menos assim. A impressão que me deu foi que as pernas da cadeira onde eu estava sentada tinham ficado "mole" e Paul disse que teve a mesma sensação. Olhávamos para o corretor com cara de "o que devemos fazer?", mas ele, coitado, estava pretrificado. Foi coisa de menos de 10 segundos, mas eu já estava preparada para entrar embaixo da mesa - dizem que essa é a recomendação. Depois de hoje, vou procurar saber mais sobre o assunto. Deu para, pelo menos, abri o olho quanto a isso.

Falando no contrato, todo mundo sempre diz que não se deve assinar contrato sem ler todas as cláusulas, com atenção especial às letrinhas miúdas. E que tal assinar um contrato sem entender uma vírgula do que está escrito? Nós fizemos isso hoje pela terceira vez. O contrato do apt estava todo em japonês. O dono não autorizou a tradução para o inglês porque disse que alteraria o conteúdo. Acho que foi mais por questão de que ele não poderia checar mesmo. E também para evitar o gasto de ter que pagar uma pessoa ou empresa para traduzir apropriadamente. O fato é que o nosso corretor traduziu o básico e resolvemos confiar na palavra dele de que está tudo dentro dos conformes. As outras duas vezes que assinamos contrato sem entender foi quando abrimos conta no banco e quando assinamos os planos com as operadoras dos nossos celulares (Paul com a Vodafone e eu com a AU).

Quase tudo pronto para a mudança. Amanhã é só fechar as últimas malas e caixas e pronto! O pessoal que Paul contratou vem pegar as coisas às 9h da manhã do sábado. Eu vou bem mais cedo do que isso para o novo apt porque não sabemos, exatamente, a que horas os móveis que compramos começam a ser entregues. Já temos mais coisas do que quando chegamos aqui (exatamente um mês atrás). Isso porque compramos utensílios para cozinha, lençol, travesseiro e por aí vai. Mas, tá sendo bom para jogar um monte de papel inútil que acumulamos. Renovação de energia é sempre bom!

Ah! Vamos ficar sem internet em casa até o dia 11 de setembro (também dia do aniversário do meu pai e do atentado às torres gêmeas em Nova York). Não sei se vou atualizar o blog nesse período, mas vou tentar, prometo. Vou nos cybercafés da vida para olhar meus emails, mas não pretendo pagar para usar o serviço por muito tempo. Portanto, o blog pode meio que ficar para segundo plano. Sorry....

3 comments:

Emerson Wan said...

Ola, Gisele
estou dando uma bisbilhotada no seu blog.
Finalmente hoje teve um terremoto. Nao sei se é o seu primeiro, mas esse ano quase não teve e nem lembro do último. Bem diferente do ano passado.
Este ano também não está tendo tufão, que nessa época nos anos anteriores chegavam frequentemente a Tokyo.
Bom, depois volto para ver as novidades.
[]'s

Para o alto e avante! said...

Oi Gisele,
finalmente vou postar um comentário aqui. Gostei do seu ploc, eu já tinha falado.
Sobre terremotos, aguarde. Pode ser que você dê sorte e pegue alguns tantos logo de cara! Acho que os tais jishin acontecem por temporada!

É isso,

Para o alto e avante!

Gisele Scantlebury said...

Tufao e mais terremoto?!? O Ewerthon ainda diz que posso ter "sorte" de pegar mais?!? Nao to entendendo... :p

Meninos, obrigada pela visita e pela participacao. Tambem to sempre visitando os blogs de voces. Abracos.