04 October 2006

Saúde é o que interessa!

Fazer academia aqui no Japão pode ser um pouco mais complicado do que a maioria das pessoas (estrangeiras) pensam. Requer um pouco mais do que apenas a vontade do ser humano de ficar em forma.

1) A maioria das academias abre apenas por volta das 9h da manhã. Ou seja, fica impossível para os assalariados irem malhar antes de ir para o trabalho (alguns preferem, como meu marido). Outras, ainda pior, abrem as 10h. É coisa para madame mesmo! O horário de fechamento também não é muito melhor: 9h da noite - quando muitos ainda estão trabalhando. Se tiver sorte, você mora numa área que tem academias 24h, mas prepare-se para pagar um pouco mais por isso.

2) Fazer um tour para conhecer as instalações da academia pode, mas isso não inclui os vestiários - importante para quem quer se certificar, por exemplo, de que os chuveiros são em cabines individuais e também de que o tamanho dos armários é satisfatório (para que sua roupa não fique toda amassada, afinal dali você vai trabalhar). Sem acordo, é contra as regras!

3) Em uma das academias que fomos, você tem que pagar: taxa de inscrição, matrícula (não, não é a mesma coisa), taxa para usar os armários e, ainda, dois meses adiantados de mensalidade. Essa parte eu acho o ó! Nos explicaram que é porque leva um bom tempo para a academia e banco processarem a autorização de débito automático. Sério?!

4) Você precisa ter dois pares de sapato para ir para a academia: um para ir calçado, que deve ser retirado na entrada (geralmente), e outro para usar lá dentro. Se você for para a academia antes do trabalho e tiver que se vestir formalmente (terno e gravata), terá que levar, portanto, três pares de sapato. Porque imagina a figura andando pelas ruas de shorts e calçando um par de sapatos social. "O próprio gringo", como lembrou o Caruso.

Mas, tirando tudo isso, se prepara para encontrar academias com muito boas instalações. As áreas para musculação são, em geral, bem espaçosas. Você não vai se sentir claustrofóbico. Os equipamentos também são modernos e em bom estado de conservação. Portanto, se você encontrar uma academia que atenda às suas exigências dificilmente estará fazendo um mau negócio. Nesse caso, só ficaria faltando mesmo a determinação (fácil?).

5 comments:

Margot said...

Oi Gisele,

Eu também quero fazer Academia! que falta que faz!
Lembrando que também fiz 1 ano de academia Jexer, saía do trabalho, de bike, depois pegava o trem, 1 estação, entrava na academia às 21 hs, fazia musculação com todas as máquinas disponíveis, o treinador falava o que era melhor para gente, depois fazia 1 aula de aeróbica. Tomava banho, às vezes entrava no ôfuro coletivo p/ relaxar e na sauna também. Depois, chegava em casa, quase meia-noite, nem jantava, por isso fiquei magrinha. Agora, estou precisando de novo...né...engordei demais. E lembrando que eu trabalhava das 8 às 8 da noite, que pique! ô louco!

Anonymous said...

Gisele,

Imprimí essa sua experiência com Academia no Japão e vou dar para o Luiz Airton.Quem sabe ele não se interessa em montar uma por aí?

Um beijo bem grandão e que você encontre a sua academia.
Elias

Anonymous said...

O Gigi vai malhar mulherrrrrr nao reclamaaaaaaaaaa, hahahaha...vai na academia mais perto do seu trabalho, bjs da Veronica

Karina Almeida said...

menina, eu ja passei por uma aventura dessas. mas eu nao levava tres pares de sapato nao. so dois :D porque eu ia pra academia com a roupa do trabalho... e portanto, o sapato do trabalho. e levava a roupa e o tenis pra usar la. nao eh mais facil?

agora, pra mim, o a mais engracado foi explicar pro instrutor - que so fala japones - que tipo de exercicio eu queria fazer, se queria malhar mais perna ou braco, se queria emagrecer ou nao etc etc.

eu pensei que eu fosse entrar em panico, mas quem ficou desesperado foi ele. e eu segurando a vontade de rir... depois de 1 hora, consegui preencher a tal ficha.

ufa!

Raquel said...

Nao sei como e nessa academia onde voce vai, mas na que eu ia, pessoas que tem tatuagem nao podem entrar. Se for tatuagem pequena, cobre com band-aid e pronto. Mas se for um dragao nas costas, esquece. Dizem que e porque tatuagem aqui no Japao eh coisa de mafioso.

Tambem nao pode usar o celular no vestiario. Querem evitar que alguem tire fotos das mocas peladas e coloque na internet!